NO OUTONO DE 2004, TREZE AVÓS NATIVAS DE TODO O MUNDO – , DO NORTE, CENTRO E SUL DAS AMÉRICAS, DA ÁSIA E DA ÁFRICA. – SE ENCONTRARAM EM UM CENTRO DE RETIRO NO ESTADO DE NOVA IORQUE E CONCORDARAM EM FORMAR UMA ALIANÇA.

ESTA REUNIÃO NASCEU DE DIVERSAS CAMINHADAS E DE LUTAS DE MULHERES PELA PRESERVAÇÃO DAS CULTURAS DE SEUS POVOS E DE SEUS LOCAIS SAGRADOS, PELO AMOR E AGRADECIMENTO À MÃE TERRA E TODOS OS ELEMENTOS, PELO ZELO DE AVÓS QUE SE SENTEM INQUIETAS DIANTE DA GUERRA E DA DESTRUIÇÃO SEM PRECEDENTES DA NATUREZA E SE MOBILIZAM EM BENEFÍCIO DAS FUTURAS GERAÇÕES, DA PAZ E DA EMANCIPAÇÃO DA HUMANIDADE. E FOI CONFIRMADA PELO ACOMPANHAMENTO DE PROFECIAS E VISÕES DE SEUS POVOS. VISÕES ESTAS QUE CONDUZIRAM À REALIZAÇÃO DESTE ENCONTRO, MOBILIZADO PELO CENTRO DE ESTUDOS SAGRADOS (CENTER OF SACRED STUDIES), INSTITUIÇÃO ESPIRITUALISTA, CUJAS RAÍZES ESTÃO NA IGREJA NATIVA NORTE-AMERICANA, E QUE SE DEDICA AO CULTIVO DA ESPIRITUALIDADE TRADICIONAL DOS POVOS DO MUNDO.

QUE CRITÉRIOS NORTEARAM A ESCOLHA DESTAS AVÓS? NA REALIDADE A SELEÇÃO OCORREU UM POUCO NATURALMENTE ENTRE AS RELAÇÕES QUE O CENTRO DE ESTUDOS SAGRADOS VINHA DESENVOLVENDO EM SUA TRAJETÓRIA DE BUSCA DA FORMAÇÃO DE UMA REDE DE RESGATE DA ESSÊNCIA DAS CULTURAS TRADICIONAIS E DE SUA UNIDADE, DENTRO DESTE TEMPO NOVO, EM QUE OS POVOS SE MISTURARAM E A HUMANIDADE SOFRE PELA PERDA DA RAIZ. MUITOS CONVITES FORAM ENVIADOS E TREZE AVÓS RESPONDERAM.

DURANTE ESTE ENCONTRO, AS 13 AVÓS PASSARAM 3 DIAS DEBATENDO SOBRE SUAS EXPERIÊNCIAS E VISÕES DE MUNDO, MUDANÇAS CLIMÁTICAS, PERDA DA BIODIVERSIDADE DO PLANETA DESMATAMENTO, SITUAÇÃO DE RISCO DOS RECURSOS HÍDRICOS, CONSUMO, MUDANÇA CULTURAL (IDIOMAS NATIVOS QUE SE PERDEM, OPRESSÃO CULTURAL, IMPOSIÇÃO RELIGIOSA MEDIANTE PRESSÃO SOCIAL, ECONÔMICA E POLÍTICA), CONHECIMENTOS TRADICIONAIS EM DESUSO (PARTEIRAS, MEDICINAS TRADICIONAIS, MANEJO TRADICIONAL DA BIODIVERSIDADE), INTERGERACIONALIDADE, VALORIZAÇÃO DO FEMININO E DA SABEDORIA DOS MAIS VELHOS, EM COMPARAÇÃO COM A SOCIEDADE ATUAL QUE DESPREZA A VELHICE E OPRIME O FEMININO).

JUNTAS COMPARTILHARAM SUA FÉ E SEUS RITUAIS DE REZAS, E DESCOBRIRAM QUE, EMBORA FALANDO DIFERENTES IDIOMAS E CULTIVANDO COSTUMES DIVERSOS, ELAS FORMAVAM APENAS UMA VOZ. ENTÃO DECIDIRAM HASTEAR A BANDEIRA DA PAZ, EM BENEFÍCIO DAS SETE GERAÇÕES VINDOURAS E DE TODOS AQUELES QUE NÃO POSSUEM UMA VOZ. E DESDE ENTÃO ANDAM PELO MUNDO AFIRMANDO ESTA MISSÃO.