O SONHO DA AVÓ MARGARETH BEHAN

Margareth Behan faz parte da quinta geração dos sobreviventes do massacre de Sand Creek. Ela nasceu no clã Beaver Cheyenne pelo lado de sua mãe, e no rabbit lodge pelo lado de seu pai Cheyenne Arapaho. É escultora e dançarina da tradição Cheyenne e trabalha com a cura de traumas e abuso de substâncias tóxicas.

“Foi a libélula que trouxe água para meu povo. Ela indicou para meu povo a água e o búfalo. Esses são nossos primeiros professores. Na natureza estão nossos primeiros professores. Os Cheyennes dizem: nosso primeiro professor, o coração.

Conhecer a floresta tropical na Amazônia, era um sonho que eu nutria e que pude cumprir. E agora, meu sonho é que minha neta também possa conhecê-la e siga meus passos. Eu quero viver o bastante para vê-la tornar-se uma líder no meu grupo. Meus avós me disseram  que eu era o mundo, que eu era bonita. Então eu passo isso para vocês: vocês são um mundo bonito. Minha neta me perguntou o que é esperança. Eu lhe respondi que, para mim, esperança é o amor.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>