• REPRESSÃO AO POVO MI´KMAQ
  • REPRESSÃO AO POVO MI´KMAQ
  • REPRESSÃO AO POVO MI´KMAQ
  • REPRESSÃO AO POVO MI´KMAQ

“Eles vieram preparados para uma guerra : repressão da Polícia Montada do Canadá  em protesto pacífico dos Mik’maq”

Apenas dois dias após uma viajem ao Canadá, o relator especial da ONU James Anaya concluiu que centenas de oficiais da Polícia Montada do Canadá invadiram um acampamento de protesto pacífico da Mik’maq no sitio de desenvolvimento do gás de xisto da “SWN Recursos Canadá” perto Rexton.

 Conforme revelado por uma série de vídeos e fotos postados no twitter e no facebook , a Polícia Montada do Canadá , munida de uma liminar que foi obtida pela SWN Resources Canada veio preparada para uma guerra . Em uma foto que apareceu no início do dia , um Segurança da Polícia Montada está escondido em uma vala , possivelmente apontando seu rifle para uma mulher.

Em pelo menos um caso , um oficial  tentou incitar uma resposta violenta de manifestantes próximos , dizendo que “A terra Crown pertence ao Governo e não aos Nativos “.

1idleno

Apesar da forte presença de crianças, mulheres e idosos no decorrer do dia, a Polícia Montada disparou bombas de gás lacrimogêneo , balas de borracha e spray de pimenta aleatoriamente contra os manifestantes , levando a uma imensa quantidade de feridos.

A Polícia Montada também proibiu o pessoal médico de entrar na área para cuidar dos feridos , além de prender mais de 40 pessoas , incluindo o Elsipogtog; primeiro chefe da Nação, vários jornalistas e todos os membros da Sociedade dos Guerreiros Mi’kmaq.

Eles também impuseram um “apagão da mídia” , impedindo jornalistas de terem acesso à área e documentar possíveis abusos aos direitos humanos. Alguns manifestantes responderam na mesma moeda. No início da manhã, “coquetéis molotov” foram arremessados da floresta em defesa da terra e dos povos.  Soldados da Polícia Montada , alguns com escopetas, entraram na floresta. Tiros foram disparados , e a gritaria foi ouvida. Na seqüência, um total de seis veículos Polícia foram incendiados .

Suzane Patles , uma mulher Ilnu e membro da Sociedade dos Guerreiros Mi’kmaq pede apoio no bloqueio, e ações de solidariedade em toda Ilha de Turtle  alem de uma chuva de telefonemas dos representantes dos oficiais Canadenses e emails em protesto contra a liminar que a RCMP aplicou hoje.

tradução voluntária por antônio santos

MANDE UM EMAIL PARA A SWN RESOURCES – EMPRESA DE EXPLORAÇÃO MINERAL CANADENSE

REGISTRE SEU PROTESTO CONTRA A AÇÃO REPRESSORA DA POLÍCIA CANADENSE

POVO MI´MAK NO FACEBOOK

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>